Manutenção de estradas | Manual das melhores práticas

Manutenção de estradas | Manual das melhores práticas

por | jun 1, 2021

Porque temos tantos problemas com o asfalto?

A qualidade da pavimentação no Brasil é uma grande reclamação dos cidadãos. Isso porque muitas das nossas ruas apresentam más condições que impactam diretamente no desempenho do transporte. Isso é consequência direta da falta de manutenção de estradas.

Rodovias com problemas de infraestrutura, como buracos, ondulações e fissuras causam diversos problemas, desde aumento do custo operacional do transporte até acidentes.

É fundamental voltar a atenção para a manutenção de estradas. É uma maneira bem mais simples e rentável de garantir uma maior qualidade de vida para a população.

As formas de conseguir reverter a situação tão precária da infraestrutura rodoviária do Brasil é focar em manutenção de estradas, especialmente nas manutenções preventivas. As autoridades de transporte e infraestrutura precisam investir, fazer planejamentos, garantir obras de recapeamento, fazer gerenciamentos contínuos desses processos. Enfim, buscar melhorias para melhorar a qualidade da estrada do país e garantir maior segurança e mobilidade aos motoristas.

Mas porque nossas estradas possuem tantos problemas? De modo geral, existem diversas causas. Primeiramente, a falta de investimento em manutenção de estradas. Além disso, projetos mal executados, concreto betuminoso de má qualidade, pouco planejamento, inclusive a falta de tecnologias compatíveis com as condições climáticas do Brasil, por exemplo, o que gera fragilidade da pavimentação.

Entenda os problemas com a pavimentação asfáltica

A pavimentação asfáltica é um processo feito em várias etapas que precisam de planejamento. A maioria do nosso asfalto é feito de concreto betuminoso, uma mistura bem resistente e durável. Entretanto, é preciso fazer toda uma preparação da substância e do terreno para que o resultado final fique bem feito.

Com um planejamento que engloba detalhes do terreno, volume do tráfego, esgoto e drenagem, é possível iniciar as obras de pavimentação. Consiste em um serviço de terraplanagem, aplicação de uma camada de sub-base como reforço, e a base, que serve para resistir aos esforços dos veículos e distribuí-lo para as outras camadas.

A última etapa é a inclusão da camada de leito, feita com concreto betuminoso, chamado de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente).

O concreto betuminoso é uma mistura produzida em uma usina de asfalto em Cariacica (ES), composta por agregado graduado e cimento asfáltico, produzida a altas temperaturas. Ela é aplicada e compactada a quente e seu objetivo é dar mais resistência, flexibilidade e durabilidade ao asfalto.

Quando a mistura do concreto betuminoso é feita de forma correta, e o planejamento de pavimentação é bem elaborado, evita-se problemas de infraestrutura.

Na teoria, a pavimentação deveria durar em média 8 a 12 anos. Mas, geralmente, em muitos locais, problemas como buracos, ondulações, fissuras e irregularidades surgem meses após a conclusão da obra.

Por esse motivo, é importante traçar um projeto eficiente de manutenção de estradas, seguindo algumas práticas que garantem a vida útil da estrutura e uma maior qualidade.

Práticas para uma boa manutenção de estradas

Como mencionado, a manutenção de estradas deve começar desde o projeto. É preciso fazer uma análise detalhada da estrutura, considerando os pontos econômicos e ambientais do espaço, definindo como vão ser feitos os serviços, o tipo de material utilizado, o concreto betuminoso etc.

É um momento fundamental para que a obra seja bem objetiva, evitando problemas e erros na manutenção de estradas.

Outro ponto importante é a definição do orçamento da obra pública. Isso é importante para a licitação e as despesas e custos devem ser definidos previamente para não atrapalhar o andamento da manutenção de estradas, garantindo a qualidade e o cumprimento de prazos.

É preciso ainda investir em fiscalização das obras de manutenção de estradas. Durante o processo, é preciso que a obra esteja sendo monitorada para que não haja problemas de atrasos, erros de execução e descumprimento de normas. O fiscal representa o contratante e garante o bom andamento do procedimento.

Investimento em modernização e implementação de recursos tecnológicos no projeto de manutenção de estradas garante a maior rapidez do processo, redução de custos, minimização de erros e uma maior produtividade e qualidade. Dessa forma, é mais fácil fazer o gerenciamento das obras e ter um maior rendimento.

Além disso, é preciso investimento em profissionais e materiais de qualidade. A manutenção de estradas é um procedimento muito importante para segurança e mobilidade, e deve ser feita com cautela. Investir em equipes de planejamento, ferramentas, materiais e tecnologias, garante uma maior qualidade de vida para toda a população.

A Vila Betume é uma usina de asfalto em Cariacica (ES) que oferece concreto betuminoso de alta qualidade e procedência, que garante durabilidade, flexibilidade e resistência aos pavimentos asfálticos, proporcionando maior estabilidade à manutenção de estradas.

Outras Postagens

Asfalto para Manutenção de Estradas | Saiba Qual é o Ideal

Asfalto para Manutenção de Estradas | Saiba Qual é o Ideal

Saiba Como Escolher o Melhor Tipo de Asfalto Para Manutenção de Estradas O asfalto para manutenção de estradas deve ser orientado adequadamente para realizar uma pavimentação prática e rápida e com um excelente custo-benefício. Isso porque, a pavimentação é uma...

ler mais
Segregação Asfáltica l Entenda o que é e Como Evitá-lo

Segregação Asfáltica l Entenda o que é e Como Evitá-lo

Entenda o Problema Gerado Pela Segregação Asfáltica Você já ouviu falar em segregação asfáltica? Se você acompanha o nosso blog, certamente sabe que para realizar uma pavimentação é necessário que a aplicação do asfalto passe por algumas etapas essenciais para...

ler mais
A Importância de Rodovias Pavimentadas

A Importância de Rodovias Pavimentadas

Importância das Rodovias Pavimentadas para o País O transporte rodoviário brasileiro é de suma importância, pois o Brasil é o país que tem a maior concentração rodoviária de transporte de cargas e passageiros, tanto que cerca de 70% da produção do País é realizada...

ler mais